Paulo Câmara diz que impeachment não tem legitimidade

PAULO CÂMARA

Governador Paulo Câmara diz que impeachment não tem legitimidade já que a forma como está sendo conduzido pelo presidente da Câmara, Eduardo Cunha, se iniciou na base da chantagem e assim não tem legitimidade para conduzir o impeachment. O partido (PSB) não deu não deu uma opinião formal, mas nosso entendimento é que o pedido é constitucional. Impeachment não é golpe.

A comissão especial do impeachment do PSB é formada inclusive por dois pernambucanos: o deputado petrolinense Fernando Filho e Tadeu Alencar. O governador afirma se tratar de um processo político e depois de uma reunião com a executiva nacional e membros da comissão seguirá o que os deputados orientarem. Da maneira como o processo está sendo levado pelo Eduardo Cunha ele está fadado a não ter legitimidade, enfatizou.

Deixe uma resposta