Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

PE: Mais de 780 mil pessoas devem declarar Imposto de Renda 

(Foto: Ilustração)

Em Pernambuco, mais de 780 mil pessoas deverão declarar Imposto de Renda, neste ano, a partir desta quinta-feira (2). A expectativa foi divulgada pela Receita Federal, que no ano passado recebeu mais de 765 mil declarações, 15 mil a menos do que o esperado para 2017.

Para o processo, algumas regras foram modificadas, como necessidade de documentos para maiores de 12 anos de idade. Uma das mudanças diz respeito aos dependentes dos contribuintes que, acima de 12 anos completos até 31 de dezembro de 2016, deverão apresentar o número CPF.

Segundo o auditor fiscal da Receita em Pernambuco Felippe Aquino, a mudança evita que alguns contribuintes caiam na malha fina. “Isso é algo muito simples e evita possíveis fraudes por conta de dependentes fictícios. O CPF pode ser retirado em qualquer Expresso Cidadão, poe exemplo”, explicou.

De acordo com a Receita Federal, deverá declarar, neste ano, o contribuinte que recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2016. O valor subiu 1,54% em relação ao ano passado, quando somou R$ 28.123,91 (relativos ao ano-base 2015), embora a tabela do Imposto de Renda não tenha sido corrigida em 2016.

Também houve mudanças no software que possibilita a declaração do Imposto de Renda. Antes, era preciso instalar um programa exclusivamente para transmitir a declaração à Receita. Agora, os dois processos são feitos no mesmo ambiente. A atualização do programa é feita automaticamente, quando o contribuinte se conecta à internet. Também é possível realizar o processo por meio de tablets e smartphones, com o aplicativo “Fazer Declaração”.

Para declarar o imposto, é necessário preencher os dados de todos os rendimentos recebidos durante o ano base. “É sempre importante ter em mãos os documentos de todas as rendas que o contribuinte teve durante o ano. A fonte pagadora tem obrigação de informar quanto foi retido na fonte.

Com informações do G1

Deixe uma resposta