Perfil do turista será montado durante o período carnavalesco em Petrolina

Carnaval Petrolina 05

Além da distribuição de mapas da cidade pelos estabelecimentos turísticos, a Secretaria Municipal de Turismo irá realizar uma pesquisa de fluxo direcionada aos turistas. Serão questionados pontos como: o destino de origem, dias de estadia, meio de transporte utilizado e os pontos turísticos visitados em Petrolina e região do Vale.

Tânia Nogueira, diretora da agência Flor de Cactus Turismo, apresenta 10 roteiros solicitados e que apresentam trajetos integrados e regionalizados do Vale do São Francisco. Os percursos mostram o contraste da cultura irrigada entre a caatinga – bioma predominante do Nordeste – e o enoturismo que é mais requerido no carnaval.

 “A maioria dos turistas que procuram a minha empresa estão na faixa da terceira idade e escolhem roteiros que incluem visitas em vinícolas, ilhas da região e eclusagem na barragem de Sobradinho. Há o turista que quer a calmaria neste período de carnaval e acabam encontrando-a no Vale do São Francisco e se encantam com os pontos turísticos” explica a empresária.

 O diretor da agência de turismo Rota das Águas aos Vinhos, Rogério Pereira, detalha que os turistas que optam por fugir da folia das grandes cidades para descansar estão ente 30 a 50 anos e selecionam roteiros enoturistícos. “Há muitos turistas que escolhem desfrutar das belezas do Vale do Rio São Francisco, visitam as nossas ilhas, como as Ilhas do Fogo e do Maroto, e voltam. Neste período carnavalesco, os turistas abraçam o Vale e sempre voltam”, diz o empresário Rogério Pereira.

O secretário de Turismo de Petrolina, Iuric Pires, diz que o reconhecimento da beleza proporcionada pelo Vale do São Francisco é muito importante. “Com o turismo integrado quebramos os estereótipos de que há apenas seca e calor em nossa terra. Junto com o prefeito, Julio Lossio, sempre procuramos recursos para incrementar o setor de turismo e fazer o nosso melhor para que estes turistas voltem sempre que puderem”, pontua o secretário.

Deixe uma resposta