Pernambuco: bebê morre esganada em Belo Jardim; pai é suspeito

O crime ocorreu no Sítio Jurema na área rural de Belo Jardim. (Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem)

Neste domingo (18), uma bebê de 49 dias veio a óbito após ser esganada na cidade de Belo Jardim (PE). O suspeito de ter esganado a criança é o próprio pai, segundo informações da Polícia Civil.

De acordo com o delegado João Carlos Oliveira, com dados retirados do depoimento que o acusado prestou a polícia, o pai teria forçado o pescoço da criança quando dava banho na bebê. “Ele afirmou que tinha raiva da bebê, ciúme, disse tomar remédio controlado e ter problema mental”, afirmou.

O fato aconteceu no sábado (17), no entanto, os pais só levaram a criança para o hospital regional de Belo Jardim, Júlio Alves de Lyra, na manhã deste domingo por volta das 10h. Contudo, a criança já se encontrava em óbito.

Segundo o delegado, o pai teria ameaçado a mãe após ela tentar levar a criança ao hospital. “Pelos depoimentos, as agressões contra a filha e a companheira são corriqueiras. A mãe estava em estado de choque e com um ferimento na mão devido à outra briga do casal”, revelou João Carlos.

O pai foi autuado em flagrante por crime de homicídio. O corpo da criança foi encaminhado ao IML e liberado no final da tarde de ontem.

Deixe uma resposta