Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Pesquisa realizada pela CDL Petrolina aponta aumento de 8% nas vendas para o Natal deste ano

Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Petrolina, espera um crescimento médio de vendas de 8% no Natal. (Foto: Arquivo/ASCOM)

O comércio de Petrolina (PE) já está em clima de Natal, as vitrines estão personalizadas e itens natalinos preenchem as prateleiras de cada loja. De acordo com uma pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL de Petrolina, o comércio da cidade, espera um crescimento médio nas vendas de 8%.

Esse é o período mais esperado para os comerciantes, pois é a data que está em primeiro lugar na expectativa de aumento de vendas. Para isso, é necessário que os lojistas sejam criativos e busquem formas de atrair clientes para presentear nessa data especial. Os setores entrevistados para a pesquisa foram vestuário, brinquedos e presentes, móveis e eletrodomésticos, joias, perfumaria, material de construção, supermercado, automóveis, hotelaria e autopeças.

De acordo com levantamento da Federação das CDLs de Pernambuco, em 2018, a expectativa é que as vendas no Estado aumentem entre 2% e 3% com relação ao mesmo período do ano passado. Ainda segundo o levantamento, o setor que mais devem ter vendas no período é o alimentício, seguido pelo de vestuário, perfumes e cosméticos, móveis e eletrodomésticos. Os segmentos de telefonia e eletroeletrônicos também devem ter desempenho satisfatório nas vendas de fim de ano, principalmente por causa da Black Friday.

Cenário nacional

De acordo com a CNDL e SPC Brasil, o Natal deve injetar R$ 53,5 bilhões na economia do país. A expectativa é de que mais de 100 milhões de consumidores se mobilizem para presentear alguém no fim de ano.

O levantamento nacional apontou ainda que 85% dos consumidores vão pesquisar preços antes de comprar presentes, e que as lojas de departamento e internet serão os principais locais de compra. A média de gastos com presentes deve ficar em R$ 116 por item.

Deixe uma resposta