Pesquisa revela aumento na rejeição ao governo Temer


Pesquisa encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulgada hoje (16) revelou que a rejeição ao governo de Michel Temer (PMDB) subiu e foi avaliado como ruim ou péssimo por 46% dos entrevistados.

Ainda segundo a pesquisa, quanto ao futuro do governo, 43% dos entrevistados afirmaram que será ruim ou péssimo, 32% que será regular e 18% que será ótimo e bom. Em setembro, os mais pessimistas eram 38% dos entrevistados. Para 34% dos entrevistados, atual gestão é pior do que a de Dilma.

A pesquisa também avaliou a conduta da imprensa. Para 47%, as notícias recentes são mais desfavoráveis ao governo e 13% acham mais favoráveis. Outros 13% não consideram nem favoráveis, nem desfavoráveis.

Com informações Terra

Deixe uma resposta