Pesquisadora francesa volta a Caititu após 20 anos para entregar resultado de trabalho

pesquisadora francesa caititu

Ela produziu um livro sobre o Sertão Nordestino a partir da visão da comunidade de Caititu.

Alunos da Escola Municipal Nossa Senhora Aparecida, em Caititu, interior de Petrolina, reencontraram a pesquisadora e escritora francesa, Veronique Bulteau.  Ela produziu um livro sobre o Sertão Nordestino a partir da visão da comunidade de Caititu.
O objetivo da visita era entregar o resultado da pesquisa, o livro “Para uma antropologia do sertão: ecologia e sociologia do cotidiano” e reencontrar a comunidade que a acolheu durante o tempo que ficou na cidade em 1992.
“Uma das coisas mais encantadoras na obra de Veronique é que o livro dela aborda uma visão positiva do Nordeste. Alguém de fora que enxerga a beleza e alegria de viver do Sertanejo, ” disse a professora Elizabet Moreira, que traduziu o livro da pesquisadora para português.
Veronique Bulteau destacou a importância da colaboração dos moradores “a forma acolhedora e amorosa com que a comunidade me recebeu foi fundamental para que a pesquisa tenha dado certo. Esse não é um trabalho só meu, mas de todos nós”.

Veronique conversou com os alunos do período da manhã e da tarde e reencontrou com moradores e amigos, que já não via há décadas, desde que retornou à França.

Com informações de Ascom

Deixe uma resposta