Petrolina é a 4ª cidade de Pernambuco que mais reduziu casos de Crimes Violentos contra o Patrimônio em 2019

(Foto: Divulgação/CICOM/SDS)

Com 5.507 Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) registrados no último mês de dezembro, Pernambuco chega ao fim de 2019 com um total de 78.943 roubos, o menor quantitativo em cinco anos. Ao todo, foram contabilizados 1.464 casos a menos que dezembro de 2018 (6.971), tornando-se o mês com menos delitos em 60 meses, ficando acima apenas de dezembro de 2014 (5.449 notificações).

“A atual sequência de quedas nos CVPs já supera em 10 meses a segunda mais longa série descendente na história do Pacto pela Vida, formada por 19 meses entre julho de 2009 e janeiro de 2011. Nesse tempo de 28 meses, iniciado em setembro de 2017, foram 47.114 assaltos a menos em relação ao mesmo período anterior. Investimentos, operações permanentes, posicionamento de efetivo nas manchas criminais e também estratégias específicas para determinados tipos de delitos fizeram com que tivéssemos recuo significativo nos roubos a bancos, veículos, ônibus, de celulares e outras formas. Em 2019, mais de 53 mil pessoas foram presas pelas polícias. E vamos intensificar esse trabalho de retirada de circulação daqueles que amedrontam a população e ameaçam a ordem pública. Buscamos, em 2020, estatísticas mais baixas e uma maior sensação de segurança no dia a dia do pernambucano”, diz o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

O Sertão Pernambucano somou 4.012 roubos em todo o ano de 2019, o que representa uma queda de 22,47% em relação ao ano anterior, que registrou 5.175 queixas do tipo. No ranking das dez cidades com maior redução de CVPs no acumulado de 2019, Petrolina aparece na 4ª posição.

Deixe uma resposta