Petrolina está em médio risco de infestação do mosquito Aedes, aponta 2º Lira

Combate a Dengue

Mesmo com alguns casos notificados de pessoas infectadas com o mosquito da Dengue em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, a Secretaria da Saúde apresenta nesta sexta-feira, o resultado do segundo Levantamento de Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa) de 2016, e mostra  levantamento que Petrolina está com apenas 1% de risco para infestação do mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika.

Segundo o executivo municipal a pesquisa, que aponta médio risco, foi realizada entre os dias 29 e 10 de março em 13 estratos do município.

A diretora de Vigilância em Saúde, Silvana Mudo, explica os fatores preponderantes para o aumento do índice. “Esse segundo LIRAa foi realizado após o período chuvoso o que, consequentemente, eleva o índice de infestação, pois após as chuvas a temperatura eleva e torna as condições totalmente favoráveis para a proliferação e reprodução do mosquito”.

Entre os bairros com maior infestação do Aedes estão Dom Avelar, São Jorge, Terras do Sul, São Gonçalo, Jardim Petrópolis e Vila Chocolate com 2,1%, em seguida vêm os bairros Vila Eduardo, Loteamento Nova York, Loteamento Recife, Vila Débora, Vila Marcela e Vila Carolina com 1,9%. Já as comunidades da Areia Branca, Dom Malan, Maria Auxiliadora e Caminho do Sol permanecem com 0%.

Deixe uma resposta