Petrolina: moradores da Agrovila Massangano buscam apoio do Conselho Municipal de Educação para abertura de uma creche na comunidade

Reunião do conselho municipal de educação. (Foto: ASCOM)

Representantes da Agrovila Massangano, zona rural de Petrolina (PE) participaram de uma reunião nesta quarta-feira (28) do Conselho Municipal de Educação e pediram apoio para que o órgão construa um parecer favorável e encaminhe à Secretaria Municipal de Educação pedindo a mudança de CMEI para Nova Semente da Comunidade Rural.

De acordo com informações repassadas ao conselho, a creche deveria funcionar num prédio público que foi reformado pela comunidade com autorização do secretário de educação do Governo Júlio Lossio. Chegou a ser inaugurada pelo prefeito Miguel Coelho como CMEI, mas fechou em dezembro de 2017.

As nove professoras assumiram as dívidas da reforma e pagavam com parte dos salários, mas foram demitidas. 48 crianças estão sem creche. “Só nós sabemos o que elas passaram. Não é justo elas ficarem sem trabalho”, disse Hertizina Apolinário, líder comunitária.

A vereadora Cristina Costa (PT), que tem assento no conselho pela Câmara de Vereadores pediu à secretaria de educação cópia do novo convênio do Programa Nova Semente para entender as implicações do descredenciamento do CMEI para o credenciamento como Nova Semente.

“Como fica a estrutura financeira com essa mudança? É preciso avaliar a situação para assegurar que as crianças e nem a comunidade tenham prejuízos. Depois disse a gente tem base para construir o parecer do Conselho”. Explicou a vereadora

Além dos representantes do poder executivo na reunião, que garantiram que não há prejuízo pedagógico com a mudança de CMEI para Nova Semente, um dos membros pediu mais informações da comunidade sobre o processo de reforma do prédio e mobilização das famílias que defendem a mudança para Nova Semente.

“É preciso mais corpo. A comunidade deve trazer um abaixo assinado com uma representação documental da comunidade”. Declarou Claudemiro Vilaça que é representante da Gerencia Regional de Ensino.

Na próxima segunda-feira, dia 02 de abril, nova reunião está marcada para que o Conselho possa votar a construção do parecer favorável ou não à mudança de CMEI para Nova Semente.

Deixe uma resposta