Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Petrolina: professores classificados em processo seletivo da educação podem ser chamados, se houver necessidade

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Professores classificados no processo seletivo realizado para contratar funcionários temporários para o quadro da secretaria da educação (SEDU), de Petrolina (PE), estiveram na Câmara de Vereadores, durante a sessão dessa quinta-feira (22), cobrando dos vereadores que intercedam junto a SEDU para que os mesmos sejam convocados para assumir os cargos.

A obrigação da SEDU é nomear apenas os professores aprovados, porém, esses professores classificados, que ficaram na lista da classificação abaixo dos aprovados porque tiveram notas mais baixas, alegam que a secretaria já convocou os aprovados e mesmo assim ainda existem vagas para serem ocupadas em várias escolas do interior. O que justificaria chamá-los também dentro do processo seletivo.

“Existe turma sem professor em uma escola que fica na comunidade de Simpatia, na escola de Baixa Alegre e muitas outras escolas do interior. As pessoas que eles convocaram não dar para atender a todas as escolas”, afirmou a professora Paula Cristina dos Santos.

“A secretaria fez uma segunda chamada, mas convocou professores aprovados que já tinham sidos chamados na primeira chamada, mas não se apresentaram com a documentação. Se eles não foram tomar posse, tem que chamar o que estão na sequência”, argumentou a professora Tassia Lena Souza.

O vereador Paulo Valgueiro (MDB), usou a palavra para denunciar que está havendo favorecimento na convocação dos aprovados. “Tem gente que se classificou na 70ª posição e não foi chamado. Mas o que ficou na posição de número 300 foi convocado. Vou levar o caso ao Ministério Público”, afirmou o edil.

Os vereadores da situação reagiram e pediram provas. “apresente as pessoas que foram nomeadas dessa forma e as que deixaram de ser convocadas”,  o vereador Aero Cruz (PSB).

Secretaria de Educação de Petrolina enviou nota repudiando a denúncia de Paulo Valgueiro e informando que os classificados podem ser chamados, se houver necessidade.

Leia a nota.

A Secretaria de Educação de Petrolina (SEDU) esclarece que todo o processo está sendo realizado com a transparência e lisura necessárias, e que está convocando todos os aprovados dentro do limite de vagas disponíveis em edital e na ordem de classificação por nota, caso haja necessidade, os classificados podem ser chamados atendendo a necessidade da administração. As equipes da secretaria estão à disposição da população para qualquer esclarecimento que se faça necessário. A Secretaria de Educação (SEDU) refuta e condena as declarações do vereador Paulo Valgueiro na sessão ordinária desta quinta-feira (22) na Câmara de Vereadores de Petrolina. As declarações não condizem com a verdade dos fatos.

Deixe uma resposta