Vereadores do PMDB estudam a possibilidade de tirar Pérsio da Comissão de Redação e Justiça

PÉRSIO ANTUNES E EDNALDO - TAMANHO CORRETO

E os embates entre Pérsio Antunes (PMDB) e seus colegas de partido continuam. Mais uma vez, a discussão girou em torno do Projeto de Lei do Executivo que regulamenta a situação fundiária dos lotes do bairro Terras do Sul, zona oeste de Petrolina, no Sertão Pernambucano.

Na sessão desta quinta-feira (25), o ex-secretário de habitação e atual líder do governo na Câmara, Ednaldo Lima (PMDB), afirmou que se Pérsio não assinar o parecer deste projeto ele terá que ser destituído da posse da Comissão de Redação e Justiça

 “Nós tivemos que assumir um posicionamento mais forte ao fazer a solicitação. O vereador ocupa um espaço que pertence ao PMDB, que é a relatoria da Comissão de Redação e Justiça. O vereador Ailton Guimarães, líder da bancada, já se posicionou de fazer a solicitação para que faça essa mudança” expôs o vereador.

O líder da bancada do partido na Câmara Ailton Guimarães (PMDB), afirma que irá se reunir com os demais membros para tomar uma decisão, mas já adianta em posicionamento que o vereador Pérsio não tem representado a legenda que o elegeu dentro da Casa.

“Nós entendemos que o vereador Pérsio tem dificultado bastante o andamento dos projetos dentro da Casa. A gente precisa avaliar e analisar direito, para que a gente possa fazer fluir as coisas aqui dentro da Câmara. Pérsio não pode esquecer que é do PMDB” afirma Ailton.

A discussão foi levantada ainda em janeiro por Pérsio Antunes, que afirma que o projeto há irregularidades. O PL está em posse da Comissão de Redação e Justiça desde o final de novembro do ano passado, quando chegou a casa. O vereador diz que não será

“Isso demonstra uma falta de orientação do líder. Aqui, ele mexe com leis, com Lei Orgânica. Ele não pode pedir a minha cabeça da Comissão, porque eu fui votado pela maioria dos líderes, e não fui indicado pelo PMDB. Portanto, ele desconhece a legislação que ele está trabalhando” alfineta o vereador.

Pérsio Antunes ainda afirma que não será tão fácil assim, o vereador Ednaldo Lima conseguir o remover da Comissão.

“Se quiserem me tirar, quem tira são os líderes de bancada. São sete líderes de bancada aqui, e é votado para assumir as comissões. Eu fui votado, na época por 4 à 3.  Se quiserem me tirar, tem que ter uma nova votação para me retirar das Comissões” diz o pemedebista.

Deixe uma resposta