Planalto já admite votação final da reforma da Previdência só no segundo semestre de 2017

(Foto: Internet)

Governo Temer já reconhece que as mudanças só ocorreram em 2017. (Foto: Internet)

O Planalto não só concorda com a previsão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de que a reforma da Previdência só será aprovada em 2017 como internamente já trabalha com um calendário bem mais largo de tramitação.

O governo Temer reconhece nos bastidores que só deve conseguir promulgar as mudanças nas regras da aposentadoria no segundo semestre do ano que vem. Até a semana passada, ministros diziam que a reforma avançaria muito ainda em 2016.

Fonte Folha de São Paulo

Deixe uma resposta