Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

PM diz que se equivocou ao divulgar informação de homicídio no João de Deus nesta quarta-feira; a ocorrência foi em janeiro

O 5º Batalhão da Polícia Militar em Petrolina (PE), reconheceu que cometeu um erro nas informações enviadas a imprensa, na manhã desta quinta-feira (15).

Na resenha enviada diariamente aos meios de comunicação, pelos operadores da central de operações da PM, dava conta de que teria acontecido o assassinato de um ex-presidiário, no Bairro João de Deus, na tarde de ontem. O mesmo teria sido morto com 16 tiros de calibre .380.

Em nota enviada na manhã desta quinta-feira (15), o comando do 5º BPM, informou que houve um “equívoco” na divulgação da informação, porque essa ocorrência teria acontecido no dia 23 de janeiro. Esclarecendo, portanto, que não houve homicídio ontem no João de Deus.

Leia a íntegra da nota da PM.

NOTA DE ESCLARECIMENTO A IMPRENSA.

Levamos a conhecimentos de todos os meios de comunicação, que devido a um “equívoco” cometido por operadores da Central de Operações do 5º BPM, foi enviado através de e-mail, um arquivo relativo a ocorrências do dia 23 de janeiro de 2018, o qual trazia o resumo de um homicídio ocorrido naquela data, no Bairro do João de Deus, em Petrolina.

Portanto, esclarecemos que não houve registro de nenhum homicídio no município de Petrolina na data de 14 de fevereiro de 2018.

Em nome do comando do 5º BPM,

CAP PM ALEXANDRE VASCONCELOS DE QUEIROZ 

CHEFE DA 3.ª SEÇÃO DO 5.º BPM 

 (SEÇÃO DE OPERAÇÕES E ANÁLISE CRIMINAL E ESTATÍSTICA)

Deixe uma resposta