Polícia Civil de Pernambuco prende policiais envolvidos em organizações criminosas

GOE(2)

A Polícia Civil vai apresentar nesta quarta-feira (30), mais detalhes da operação “Caça Níquel”. Dos 15 mandados de prisão, 12 eram destinados a policiais militares envolvidos em uma organização criminosa, que exigia pagamento de propina para permitir a exploração de jogos de azar e uso de máquinas caça níquel, no Recife e Região Metropolitana.

Nesta terça-feira (29), foi apresentado um balanço parcial da operação que teve objetivo de cumprir 15 mandados de prisão e 26 mandados de busca e apreensão. Pelo menos seis soldados e 4 cabos da PM e uma mulher foram presos.

O delegado Joselito Kehrle detalha como a prática ocorria. “Aquelas pessoas que exploravam os jogos eram abordadas por policiais e caso não pagassem semanalmente a propina, eles tinham as máquinas subtraídas e essas máquinas eram utilizadas pelos próprios policiais na exploração dos jogos”, disse.

Ainda de acordo com o delegado, os crimes eram praticados nos bairros do Ibura, Boa Viagem e Pina, na Zona Sul do Recife; torrões, na Zona Norte; em Jaboatão dos Guararapes e Olinda. (Rádio jornal)

Deixe uma resposta