Policiais civis decidem suspender a greve até o dia 15 deste mês

 c79a69de6c044d2d6d394cd792cf23ea

A greve da polícia civil, prevista para ser iniciada no sábado (6), está suspensa. A categoria realizou uma assembleia, na tarde desta quinta, e decidiu dar um “voto de confiança” ao governo e aguardar que ele cumpra o compromisso de enviar, até esta data, Projeto de Lei para reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) da classe à Assembleia Legislativa. Conforme o sindicato da categoria, o fato de a greve ter sido considerada ilegal, pela Justiça, não influenciou na decisão.

“Nossa preocupação foi com a população. Houve uma reação de medo por fazermos greve no Carnaval, então resolvemos monitorar a ação do governo até o dia 15, quando ele se compromete a enviar o projeto”, afirma o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), Áureo Cisneiros.

Atendendo a pedido go Governo do Estado, o desembargador Ricardo Paes Barreto determinou, na tarde desta quinta, o fim da paralisação, sob pena de multa diária de R$ 100 mil, em caso de descumprimento. “Toda greve é considerada ilegal neste Estado, isso não nos intimida. E se o governo não cumprir o prometido vamos paralisar as atividades no dia 16”, diz Áureo.

O PL prevê alteração das faixas de progressão salarial de 1,5% para 2%,  Em 2015, foi assinado acordo entre as partes onde o Estado se comprometia a encaminhar a matéria à Assembleia Legislativa de Pernambuco no início da legislatura. “Houve descumprimento do acordo, o governo é que agiu ilegalmente. Esperamos que esse novo compromisso também não seja descumprido”, afirma Áureo.

Com informações do NE10

Deixe uma resposta