Por decisão da CDU, restaurante tem parte irregular construída demolida

Um restaurante, na orla de Petrolina, executou nesta quinta-feira (17) uma decisão expedida pelo Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU) do município. A determinação, deliberada por unanimidade entre os conselheiros em audiência realizada no dia 8 de dezembro, obrigou o empreendimento comercial Varanda do Rio, a demolir uma área que foi ampliada no espaço, sem que houvesse autorização prévia dos órgãos municipais de controle.

O primeiro projeto apresentado e aprovado para o funcionamento, legal, do restaurante tinha uma área total de 349,23m², ficando os proprietários do espaço impedidos de ultrapassar este limite. O descumprimento da determinação impactou em penalizações.

A ação de retirada da área excedente foi supervisionada pela Ordem Pública. De acordo com os membros do CDU, a demolição foi necessária para preservar o regimento municipal e impedir que ações, executadas deliberadamente e sem autorização e fiscalização, se convertam em danos ao patrimônio público.

Na próxima segunda-feira (21), ocorrerá nova reunião entre os membros do CDU, para analisar novos empreendimentos e decidir sobre possíveis intervenções em outros imóveis irregulares. (Ascom)

Deixe uma resposta