Prefeito eleito de Petrolina Miguel assegura no Governo Federal investimentos para saúde, habitação e infraestrutura

O gestor do banco público garantiu a manutenção de uma linha de financiamento na ordem de R$ 100 milhões para o orçamento de Petrolina.

O gestor do banco público garantiu a manutenção de uma linha de financiamento na ordem de R$ 100 milhões para o orçamento de Petrolina. (Foto: Ascom)

A viabilização de uma maternidade e obras de infraestrutura e do Minha Casa, Minha Vida já são os primeiros resultados da série de visitas que o prefeito eleito de Petrolina (PE), Miguel Coelho, fez aos ministros da República, em Brasília (DF). O deputado socialista reuniu-se, nesta terça (25), com sete ministros para apresentar projetos e fechar parcerias para tocar obras em Petrolina na gestão que inicia no próximo ano.
O encontro com o presidente da Caixa Econômica, Gilberto Occhi, foi o que trouxe maior resultado. O gestor do banco público garantiu a manutenção de uma linha de financiamento na ordem de R$ 100 milhões para o orçamento de Petrolina. Os recursos devem ser empregados em infraestrutura urbana, mobilidade e habitação.

Na visita ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, Miguel obteve a garantia da liberação de recursos federais para a construção de uma maternidade de média complexidade. “Já viabilizamos cerca de R$ 2 milhões para essas obras, mas vamos lutar para dobrar esse recurso para que a casa de partos que pretendemos construir tenha uma maior capacidade de atendimento”, adiantou o prefeito eleito.
Miguel também se reuniu com o ministro da Educação, Mendonça Filho, para tratar de creches e a construção de uma escola técnica. Na visita aos ministros de Cultura, Marcelo Calero, e de Turismo, Marx Beltrão, o futuro prefeito apresentou projetos para fortalecer os equipamentos culturais da cidade sertaneja. O abastecimento de água e a convivência com a seca também estiveram na pauta das agendas com os ministros Blairo Maggi (Agricultura) e Helder Barbalho (Integração). Miguel ainda apresentou propostas para o ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia e Comunicações) e a presidente da Codevasf, Kênia Marcelino.
O prefeito eleito permanece em Brasília até a quinta-feira. A agenda ainda tem programadas reuniões com mais dois ministros e gestores públicos e da iniciativa privada.

Deixe uma resposta