Prefeitura de Juazeiro e Codevasf se reúnem para tratar de doação de lotes urbanos

(Foto: Divulgação)

Na manhã desta quarta-feira (07), o prefeito Paulo Bomfim (PCdoB), esteve em reunião com o superintendente da Codevasf, em Juazeiro, Misael Neto e produtores dos perímetros irrigados de Juazeiro para tratar de regularização fundiária e convênio entre a instituição e o município.

O objetivo do encontro é de que os lotes urbanos sejam transferidos para o município. Em Juazeiro, há perímetros irrigados em quatro distritos: Mandacaru, Maniçoba, Itamotinga e Salitre. Em alguns, há lotes em áreas de vilas, para moradia dos produtores. Recentemente, a Codevasf abriu licitação para ocupação destes espaços. Diante desta situação, produtores e município estão fazendo gestão para que esta concorrência seja cancelada e uma outra direcionada para os moradores das localidades, em sua maioria filhos e netos dos primeiros colonos. A posição do município de Juazeiro é que esta área lhe seja doada e distribuída aos produtores, dentro de uma legalidade.Após longo debate, ficou decidido que equipes técnicas e jurídicas da Prefeitura de Juazeiro e Codevasf irão se unir para que o processo de adoção tenha uma maior celeridade constituindo, assim, um grupo de trabalho.

De acordo com os produtores, a última licitação para os lotes urbanos foi realizada no ano de 2000. Em 2016, para surpresa dos produtores, os valores dos lotes foram exorbitantes, fora da realidade financeira dos colonos. Além desse ponto, há a questão da licitação ser nacional – ficariam submetidos a ações de investidores que poderiam comprar três a quatro lotes através de laranjas, o que deixaria o morador local fora do processo.  “Só temos a agradecer à Prefeitura por ter apoiado os produtores e à Codevasf por se comprometer em colaborar com os produtores”, agradeceu o produtor rural Josival Barbosa.

Segundo o prefeito, este é o momento de achar um formato que seja adequado à realidade das comunidades. “Fomos provocados pelos produtores e achamos uma luta justa. Estamos colocando a nossa equipe técnica e jurídica para que esta situação seja solucionada o mais breve possível”, pontuou o prefeito Paulo Bomfim.

Deixe uma resposta