Prefeitura de Juazeiro realiza entrega de boletos do programa Garantia-Safra

(Foto: Ascom)

O Prefeito de Juazeiro (BA), Paulo Bomfim (PCdoB), realizou nesta terça-feira (29) a entrega simbólica dos boletos do Programa Garantia-Safra 2019/2020 aos presidentes de associações dos distritos de Juazeiro. “Esse seguro federal criado por um governo do nosso projeto que conta com contrapartida do estado e do município, é fundamental para assegurar aos agricultores familiares o custeio da safra. Sabemos da importância da agricultura familiar para a economia de Juazeiro e ficamos felizes em dar continuidade ao trabalho iniciado na gestão do ex-prefeito Isaac Carvalho. Um dos nossos focos é a melhoria de vida do homem do campo”, frisou o prefeito Paulo Bomfim.

Para o representante da União das Associações do Vale do Salitre (UAVS), Josemário Gonçalves, o encontro representa um grande momento para os agricultores da região. “Quero agradecer ao prefeito Paulo Bomfim por nos apoiar com esse importante programa. Em caso de perda da safra, o volume de recursos que irá entrar no município é de R$ 2.233.600.00, ou seja, uma movimentação comercial de grande relevância. O programa nos possibilita um retorno e nos garante certa segurança”, disse.

Os boletos referentes à safra 2019/2020 estão sendo entregues na sede da ADEAP (Rua Oscar Ribeiro, nº 110, Centro, Juazeiro BA) aos presidentes das associações das comunidades rurais do município. Os mesmos devem ser recolhidos pelos agricultores beneficiados até o dia 31/10/2019 (prazo final para o pagamento), nas associações dos seus distritos ou na ADEAP.

Na ocasião a vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Juazeiro, Regina Lúcia, parabenizou o município por ter dado sequência ao programa. “Esse é um governo que se preocupa com o bem-estar de toda a população. Quero parabenizar o prefeito pelo excelente trabalho que vem desenvolvendo no município, em especial na zona rural, com ações e projetos que garantem a melhoria da vida de todos”, destacou.

Vale destacar que foram 2.792 mil agricultores familiares inscritos no programa neste ano. As condicionantes para participar do programa são: renda bruta familiar mensal de até um salário mínimo e meio – excluindo a aposentadoria rural, plantio em áreas não irrigadas, plantio em áreas entre 0,6 e 10 hectares, plantação de algodão, arroz, feijão, mandioca e/ou milho e adesão ao garantia safra antes do plantio.

Deixe uma resposta