Prefeitura de Lagoa Grande diz que Governo do Estado deve mais de RS 1 mi ao município para o transporte escolar

Fogo amigo

Embora seja da mesma sigla partidária do governador Paulo Câmara (PSB), o prefeito de Lagoa Grande Dhoni Amorim o filho de Robson, diz que está com dificuldades para receber verba relacionada ao transporte escolar daquele município sertanejo.

De acordo com nota da assessoria de imprensa da prefeitura da Terra da Uva e do Vinho, o Governo do Estado de Pernambuco, “além de não honrar os compromissos financeiros de repasses para a Prefeitura de Lagoa Grande o Governo cruzou literalmente os braços no que diz respeito aos repasses para os transportes dos alunos da rede estadual para este ano”.

Segundo o município, pela lei do PETE – Programa Estadual do Transporte Escolar, a responsabilidade com esta despesa é do Governo do Estado. Só que desde 2013, à Prefeitura de Lagoa Grande vem arcando com esta responsabilidade. Já são mais de R$ 1 milhão de reais investidos e a prefeitura recebeu em todo este tempo apenas R$ 200 mil reais.

A prefeitura diz que por falta do pagamento estadual resolveu suspender o transporte escolar para alunos de Lagoa Grande que estudam na rede estadual de ensino em Petrolina (PE) e cidade vizinhas. Agora o Governo do Estado, terá que arcar com as rotas das linhas que abrangem os alunos da rede estadual nas Escolas: Antônio de Amorim Coelho, Dom Hélder Câmara, Josefina Gomes e Santa Maria.

 O secretário da Educação, Daniel Torres, destacou que não há necessidade de polêmica, basta o Governo do Estado cumprir o que diz a lei e o que foi combinado em convênio.

Até o fechamento desta matéria o governo do Estado ainda não havia respondido o ofício enviado pela Prefeitura comunicando esta decisão. O ano letivo recomeça no próximo dia 15 de fevereiro. (Imagem ilustrativa fogo amigo)

Deixe uma resposta