Prefeitura de Petrolina busca parcerias para combater mortandade de abelhas na região

(Foto: Jaquelyne Costa)

A situação de mortandade das abelhas tem chamado atenção ao redor do mundo e também no Vale do São Francisco. O tema vem mobilizando a Prefeitura de Petrolina, órgãos ambientais e demais seguimentos como o Ministério Público de Pernambuco.

Para discutir ações no intuito de evitar a extinção de variadas espécies de abelhas nativas da Caatinga o secretário de Governo e Agricultura (SEGOA), Simão Durando e o diretor-presidente da Agência Municipal de Vigilância Sanitária (AMVS), Marcelo Gama, estiveram reunidos com o coordenador geral do Centro de Conservação e Manejo de Fauna da Caatinga (Cemafauna Caatinga), Luiz Cezar Pereira e a ecóloga e pesquisadora do Centro, Aline Andrade.

A parceria entre o Cemafauna e a Prefeitura de Petrolina rendeu. Desde setembro do ano passado, a formação do ‘SOS Abelhas’, um grupo formado por 36 membros com participação de outras instituições como o IF Sertão Petrolina, realiza resgate de abelhas, evitando que muitos enxames sejam exterminados, o que de acordo com a legislação brasileira se configura crime ambiental.

A sede do SOS Resgate de Abelhas da Cidade de Petrolina funciona no Centro de Controle de Zoonoses em Petrolina e disponibiliza telefone para contato: (87) 3867-4774.

Deixe uma resposta