Prefeitura lança projeto para aproximar crianças e idosos através da contação de histórias

A partir de oficinas, os idosos desenvolvem o talento para a contação de histórias que serão levadas às crianças. (Foto: ASCOM)

O mundo mágico das histórias infantis foi o caminho escolhido pela prefeitura para unir a inocência das crianças e o carinho dos idosos de Petrolina. Idealizado pela primeira-dama, Lara Secchi Coelho, o projeto Vovô Amigo’ foi lançado nesta quarta-feira (27) durante um evento realizado no Centro de Convivência Vó Pulu.

A cerimônia que reuniu dezenas de idosos, foi aberta pelo prefeito Miguel Coelho, que destacou a necessidade do projeto para estimular a contribuição dos idosos para a formação de uma nova geração de petrolinenses.

“É muito bom ver a nossa companheira se engajando num projeto que busca dar mais sentido para quem já viveu muito e quer viver ainda mais. O projeto chega para mostrar a importância dos relacionamentos e somar a experiência dos idosos com a energia das crianças. Lara terá uma responsabilidade e um papel importante nisso”, disse Miguel Coelho.

Diante do público, a primeira-dama agradeceu e explicou que a ideia é que as histórias contadas pelos mais velhos possam vincular as duas gerações em torno dos encantos proporcionados pela leitura. 

“Preciso agradecer a todos que estiveram empenhados neste projeto, especialmente, ao nosso prefeito que abraçou a causa desde o início. A ideia inicial era levar histórias para as crianças, mas conseguimos identificar uma forma lúdica de fazer isso com ajuda dos estudantes de psicologia. É um projeto que chega num momento muito especial e que fará de fato a união entre duas gerações de têm muito a aprender uma com a outra”, reforçou a primeira-dama.

A secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos de Petrolina, Kátia Carvalho, também ratificou a relevância da interação entre as gerações. “Um momento de muita satisfação para a nossa equipe, saber que a prefeitura vai proporcionar desenvolvimento a duas gerações tão distantes que agora ficarão mais próximas”, disse.

Vovô Amigo – por meio de uma parceria com a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), idosos atendidos no Centro de Atenção à Pessoa Idosa vêm participando de oficinas com estudantes de psicologia nas quais desenvolvem a leitura em sua dimensão lúdica.

A partir destas oficinas, os idosos desenvolvem o talento para a contação de histórias que serão levadas às crianças de 3 a 5 anos dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e também nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

Deixe uma resposta