Presidente do Petrolina, Ronaldo Silva comenta saída de Pedro Manta e cobra apoio para campanha de 2019

Vereador relatou dificuldades na temporada (Foto: Blog Waldiney Passos)

O Petrolina Social Futebol Clube foi campeão do Campeonato Pernambucano da Série A2 de forma invicta. No domingo (4) a Fera venceu o Centro Limoeirense por 3×0 e voltou à elite do futebol estadual, motivo de celebração na Câmara de Vereadores de Petrolina, da qual o presidente do clube é membro.

Ronaldo Silva (PSDB) havia prometido levar o título da competição à Casa Plínio Amorim caso fosse campeão e ontem (6) subiu à Tribuna Livre para agradecer ao apoio de quem acreditou no projeto de 2018. “Quero agradecer ao prefeito Miguel Coelho, aos meus patrocinadores, a cada um de vocês colegas de Casa pelo incentivo, pelas palavras. Quero agradecer em especialmente à minha Torcida Jovem do Petrolina”, discursou o edil.

LEIA TAMBÉM:

Pedro Manta confirma saída do Petrolina após título e acesso à elite estadual

De volta à Série A1, Ronaldo pediu apoio dos colegas de Câmara para aprovar no orçamento emendas destinando verbas aos Petrolina. “Que a gente possa colocar uma emenda para o esporte, não só para o Petrolina, mas para o 1º de Maio que a volte a disputar a Primeira Divisão porque não é fácil”, desabafou o presidente da Fera Sertaneja.

Ao fim de sua fala na Tribuna Livre, Ronaldo Silva conversou com a nossa equipe e comentou a saída de Pedro Manta que voltará ao Afogados da Ingazeira. “Pedro Manta eu já sabia, ele já veio com o intuito de fazer esse trabalho e a gente deu as condições necessárias para ele fazer o trabalho dele. Agora vamos procurar outro [treinador], alguns [atletas] vão ficar e outros vão sair”, antecipou.

Sobre a questão salarial, Ronaldo afirmou que existe uma pendência salarial. “Estamos devendo de outubro, venceu ontem (5), vamos acertar durante essa semana até para os próprios jogadores de fora possam tirar as férias deles”, disse o presidente.

Deixe uma resposta