Presidente do STR de Petrolina rebate declarações de ex-presidente do sindicato

 

(Foto: Internet)

Após o ex-presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) de Petrolina (PE), José Tenório, acusar o atual presidente do sindicato, Francisco Pascoal, “Chicô”, durante o programa ‘Super Manhã, com Waldiney, de estar ‘esquentando’ a carteira, Chicô rebateu as críticas recebidas e informou que sempre agiu dentro da legalidade.

“Eu quero dizer que não existe isso de esquentar carteira. Ele poderia vir aqui e falar que está apoiando o projeto que a gente está fazendo, que a gente vem trabalhando. Eu sai do sindicato da agricultura para o de assalariado porque a lei me permite, se a lei permite, não há ilegalidade. O que eu fiz foi requisitar a empresa a permanecer no sindicato. Então o dono da empresa concedeu esse direito, que está na lei. A gente está tranquilo, estamos fazendo tudo de acordo com a lei.”, afirmou Chicô.

O atual presidente do STR informou que a intenção de Tenório é antecipar as eleições do sindicato dos assalariados e tentar colocar alguém no poder para comandar o sindicato. Chicô criticou inclusive o partido ao qual Tenório era filiado, o Partido dos Trabalhadores.

“Ele quer colocar alguém a frente do sindicato para ele mandar. Ele tem interesse nessa eleição. Se ele fosse um camarada que prestasse eu não teria entrado. Quero dizer para os trabalhadores que fiquem tranquilos. Tenório é daquele pessoal que quer dar golpe de todo jeito para querer estar no poder. Ele quando assumiu o sindicato foi apoiado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), que está aí em uma vergonha. O que ele quer é jogar tinta na imagem de quem está trabalhando de verdade. Isso é uma questão política, eles estão querendo antecipar a eleição, o que já é proibido.”, rebateu.

O presidente do STR aproveitou para convidar todos os assalariados para a assembleia que acontecerá neste domingo (23), às 14h, na casa de show Zé Matuto, para debater o estatuto do sindicato.

“Quem vai para a assembleia são aqueles que pagam o sindicato e que está com sua carteira assinada. Nós estamos convidando todos eles. Eles têm que estar pagando o sindicato para poder participar. Todos os trabalhadores que estão em dia com o sindicato estão convidados para este momento”.

Deixe uma resposta