Procissão da Nossa Senhora das Grotas reúne cerca de 100 mil pessoas em Juazeiro

(Foto: ASCOM)

A Avenida Adolfo Viana ficou tomada por uma multidão. (Foto: ASCOM)

O encerramento dos festejos da Padroeira de Juazeiro (BA) Nossa Senhora das Grotas, que começou no dia 30 de agosto e se estendeu até o dia 8 de setembro, foi cheio de renovação da fé, da esperança e do amor dos cristãos. A procissão realizada em homenagem à padroeira da cidade reuniu cerca de 100 mil fiéis. A Avenida Adolfo Viana ficou tomada por uma multidão de pessoas que acompanhavam a imagem de Nossa Senhora das Grotas, que estava em um carro andor.

O tema “Maria, Mãe da Misericórdia” em alusão ao “Ano Santo da Misericórdia”, instituído pelo Papa Francisco, motivou a manifestação de fé dos participantes que vieram do interior e de outros municípios da região do São Francisco, e que caminharam juntos desde o  bairro Piranga, da Paróquia Santa Terezinha.

O novo Bispo, Dom Carlos Alberto Breis Pereira, que assumiu o governo pastoral da Diocese de Juazeiro oficialmente como Bispo titular, no dia 7 de setembro, foi o responsável por conduzir as festividades religiosas.

O título de “Nossa Senhoras das Grotas” único registrado no mundo , foi dado à Maria, que é a Mãe de Jesus para os católicos, quando uma imagem foi achada, por um índio, numa gruta nas imediações de onde é hoje a cidade de Juazeiro, tornando-a, assim, a padroeira do município.

Deixe uma resposta