Procon orienta pais sobre itens permitidos na lista de material escolar para 2021

(Foto: Internet)

Diante da expectativa para início de um novo ano letivo, o Procon de Pernambuco emitiu uma nota técnica (confira aqui) para orientar pais, escolas e estabelecimentos comerciais acerca dos materiais escolares. O Governo do Estado quer assim pontuar o que é permitido nas famosas listas impostas pelas unidades educacionais.

O Procon preparou duas listas. A primeira delas diz respeito aos materiais os quais não podem ser pedidos pois são de uso coletivo. Já a segunda contém os permitidos, desde que obedeçam o limite quantitativo imposto pelos órgãos de fiscalização.

Álcool e máscaras de proteção

Por conta da pandemia, um item passou a figurar na lista dos materiais proibidos: álcool em gel ou líquido deve ser providenciado pela escola ou colégio. Mas as unidades podem sim incluir a máscara como material de proteção. “No mês de março, por conta da pandemia, as aulas presenciais foram suspensas. Com exceção dos livros didáticos, as escolas devem informar quais os materiais que foram entregues no início do ano que não foram utilizados e devolvê-los, para que os pais possam reutilizar em 2021”, explica o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Deixe uma resposta