Produtores rurais e criadores de caprinos do norte da Bahia recebem apoio do Sebrae

Sebrae vai atender produtores rurais e criadores de caprinos

O apoio do Sebrae aos agricultores de perímetros irrigados e associações rurais foi realizado na sexta-feira, 29, em Juazeiro (BA) com a assinatura do Acordo de resultados dos Projetos de Fruticultura e Caprinocultura e ovinocultura. Os programas visam aumentar a competitividade e nível de gestão dos empreendimentos, além de implementar boas práticas nas cadeias produtivas e elevar a comercialização e conquistar novos mercados.

De acordo com o Sebrae o Projeto Fruticultura Sertão do São Francisco será desenvolvido em quatro anos e vai atender 30 produtores rurais de microempresas ou empresas de pequeno porte, que receberão acompanhamento nas áreas de gestão da propriedade rural, planejamento, sustentabilidade, assistência técnica, gerenciamento financeiro e de mercado, acesso a novas tecnologias, visando transformar a propriedade em um negócio agrícola.

A cadeia produtiva da fruticultura vai contar com o apoio do Instituto da Fruta – entidade constituída pelos produtores rurais e instituições do segmento para fomentar o desenvolvimento da Fruticultura no Sertão do São Francisco, promovendo à autogestão e sustentabilidade dos negócios rurais.

Caprinocultura e Ovinocultura

O Projeto Caprinocultura e Ovinocultura do Sertão do São Francisco também será executado de 2016 a 2019, com a proposta de incentivar e fortalecer as micro e pequenas empresas e potenciais empresários da cadeia produtiva da ovino e caprinocultura de corte e leite. A proposta é realizar ações de melhoria de processos gerenciais, tecnológicos, inovações e acesso a crédito.

Nesse panorama ainda será desenvolvido o Programa Bioma Caatinga, fruto da parceria do Sebrae, Fundação Banco do Brasil e Banco do Brasil. O programa vai atuar durante um ano nos municípios de Juazeiro, Casa Nova, Remanso, Uauá e Curaçá. No total, 1200 produtores e empresas rurais serão atendidos por 44 profissionais que irão trabalhar a gestão de qualidade, assistência técnica e inovações tecnológicas nos empreendimentos rurais.

Com informações da Ascom/Foto: divulgação

Deixe uma resposta