Professores contratados devem fazer nova paralisação nesta sexta-feira em Petrolina

(Foto: Arquivo)

Inconformados com o encerramento dos contratos por parte da Secretaria de Educação de Petrolina, professores contratados de escolas municipais afirmam que irão fazer uma nova paralisação nesta sexta-feira (15).

Os docentes, foram contratados em junho de 2016, através de um processo seletivo simplificado, realizado pelo o ex-prefeito Júlio Lossio. Segundo os professores, o edital do processo seletivo informava que o contrato era válido por um ano, mas havia a possibilidade de ser estendido por mais um ano. Porém, a secretaria de Educação de Petrolina, prorrogou os contratos por apenas mais seis meses. Prazo que termina neste mês de dezembro.

Na última sexta-ferira (8), os contratados fizeram uma manifestação em frente à Prefeitura, pedindo que o prazo do contrato fosse estendido até a junho do ano que vem. Durante o protesto, foram recebidos pela Secretária de Educação, Maéve Melo, que reforçou que a seleção em questão trata-se de uma contratação temporária, e anunciou que a secretaria já está trabalhando na proposta de uma nova seleção.

“Será um certame democrático, em que todos poderão participar”, frisou. “Reafirmo que não houve demissão de professores, e sim o término de contratos temporários”, concluiu Maéve.

Deixe uma resposta