Professores da rede estadual de Pernambuco decretam estado de greve

(Foto: Inernet)

Professores da rede estadual de Pernambuco decidiram, nesta quinta-feira (24), em assembleia virtual do Sindicato de Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), decretar estado de greve e não retornar às atividades presenciais.

Para a categoria, não há a segurança necessária à reabertura das escolas. A retomada está programada para acontecer de forma gradual, a partir do dia 6 de outubro. Neste primeiro momento, está autorizado o retorno dos alunos do 3º ano.

A assembleia, que contou com a participação de mais de mil professores, aconteceu após reunião da categoria com o secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amancio, no início da tarde.

A primeira medida é o posicionamento de não retornar às atividades presenciais. Além disso, junto à assessoria jurídica, vamos ver os melhores caminhos para ações na justiça. Também decretamos estado de greve e mantivemos a decisão de continuar o diálogo com o governo“, explicou o presidente do Sintepe, Fernando Melo.

Um novo encontro com o secretário de Educação está marcado para a segunda-feira (28). Dois dias depois, na próxima quarta-feira (30), às 14h30, a categoria volta a se reunir em assembleia.

Fonte JCOnline

Deixe uma resposta