Profissões que estão sempre em alta para o mercado de trabalho

(imagem: iStock)

Entre no mercado de trabalho pronto para chegar ao topo.(imagem: iStock)

São muitos os adolescentes e jovens que ainda não decidiram como  escolher sua profissão, considerando que além da chamada vocação, é preciso levar em conta as indicações do mercado, já que é para o mercado que se prepara um profissional.

Listamos algumas dicas de especialistas para ajudá-los neste momento decisivo da sua vida, afinal são investidos tempo e dinheiro para uma formação profissional.

Outra dica importante para os jovens do Vale do São Francisco é que nas cidades de Petrolina e Juazeiro(BA), são disponibilizados a maioria dos cursos indicados, não sendo necessário para os que aqui residem se deslocarem para outro centros atrás de estudos.

Ciências Contábeis – é a área que cuida da contabilidade de uma empresa, por meio do registro e do controle das receitas, das despesas e dos lucros.

Por que está aquecida: é cada vez maior nas empresas a necessidade de corte de custos, análises contábeis e financeiras, cálculo de rentabilidade do negócio etc. Além disso, faltam profissionais no mercado.

Ciências Atuariais- é o uso de conhecimentos e cálculos para a elaboração de planos de seguro ou de previdência e a realização de outras operações financeiras que envolvam risco.

Por que está aquecida: O mercado de seguros, consórcios e previdência privada é um dos que mais crescem no Brasil. A pouca oferta de cursos de Ciências Atuariais no país – cerca de 15 instituições – também aumenta a demanda pelo formado.

Farmácia- é o estudo da composição e do processo de fabricação de medicamentos, cosméticos e alimentos industrializados. Em laboratórios de análises clínicas, faz exames para auxiliar em diagnósticos. Em farmácias, distribui e formula medicamentos.

Por que está aquecida: O mercado de cuidados com a saúde vem apresentando crescimento constante no país. Indústrias farmacêuticas, laboratórios de pesquisa avançada e produtos de beleza e higiene pessoal precisam, cada vez mais, de profissionais com essa formação.

Engenharia Elétrica- É a área da engenharia que lida com a geração, transmissão e distribuição de energia elétrica.

Por que está aquecida: Engenheiros eletricistas podem atuar em empresas de energia renovável, telecomunicações e projetos de expansão de redes elétricas, setores que apresentam crescimento.

Agronomia- são as ciências e técnicas usadas para melhorar a qualidade e a produtividade de lavouras, rebanhos e produtos agroindustriais.

Por que está aquecida: o Brasil é o segundo maior fornecedor mundial de produtos agrícolas, atrás apenas dos Estados Unidos. O agronegócio responde por 23% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Há boas oportunidades, principalmente nas regiões Centro-Oeste, Triângulo Mineiro e interior de São Paulo.

 Direito- é a ciência que cuida da aplicação das normas jurídicas vigentes em um país, para organizar as relações entre os indivíduos e grupos na sociedade.

Por que está aquecida: Profissionais especializados na área tributária (normas e princípios relativos à arrecadação de impostos e taxas) são requisitados por empresas para trabalhos de consultoria. Também há procura por advogados que dominam a área societária, de fusões e aquisições.

Engenharia de Produção –é  o ramo da engenharia que gerencia os recursos humanos, financeiros e materiais para aumentar a produtividade de uma empresa.

Por que está aquecida: Engenheiros com experiência em consultoria de gestão, mapeamento, redesenho de processos e gestão de projetos têm sido procurados para realizar fortes reestruturações nas grandes empresas.

Física–  É o estudo da relação entre a matéria e a energia, de suas propriedades e das leis que regem sua interação.

Por que está aquecida: Faltam professores de física em escolas públicas e particulares de todo o país, especialmente nas regiões centro-oeste, norte e nordeste. Além disso, devido à sua grande capacidade analítica e quantitativa, muitos físicos têm sido contratados por empresas da área financeira.

Análise e Desenvolvimento de Sistemas –É o desenvolvimento de sistemas de informação para diversos setores de atividade.

Por que está aquecida: Com o crescimento do mercado de tecnologia da informação (TI), profissionais com experiência em programação e habilidades para desenvolver soluções em sistemas de computação são demandados por todos os ramos da indústria, do comércio e dos serviços.

Ciências Sociais– É o estudo das origens, do desenvolvimento e da organização das sociedades.

Por que está aquecida: Sociólogos têm sido requisitados pelas empresas para pesquisas de mercado, análises quantitativas de clientes e comportamento do consumidor. Especialistas em ciência política encontram bom campo de trabalho como analistas de conjuntura nacional e internacional.

Com informações do Guia do estudante abril

Deixe uma resposta