Programa Fantástico da Rede Globo exibe hoje o caso da menina Beatriz Mota

(Foto: Blog Waldiney Passos)

Durante manifestação de hoje (10), para lembrar os dois anos do assassinato da menina Beatriz, os parentes da vítima convidaram as pessoas que seguiram em caminhada de Juazeiro (BA) a Petrolina (PE), para assistirem o Fantástico da Rede Globo na noite deste domingo.

Com reportagem do jornalista Francisco José, o programa exibe hoje (10), uma reportagem sobre o crime que aconteceu no dia 10 de Dezembro de 2015, nas dependências do Colégio Auxiliadora em Petrolina (PE), durante uma formatura da escola. Na época, Beatriz Mota, com apenas 7 anos de idade, estudava no Auxiliadora e o pai dela, Sandro Romilton Ferreira, era professor do colégio.

A TV Globo, melhorou as imagens do suposto autor do crime de Beatriz Mota, usando tecnologia da Globo Filmes, empresa das Organizações Globo. Os pais de Beatriz Mota esperam que as imagens ajudem a identificar a pessoa acusada de dar 42 facadas na menina há dois.

Durante a manifestação de hoje (10), em soluços, Sandro Romilton expos que precisa recorrer a medicamentos para manter o equilíbrio e disse que depois de dois anos sem solução para a morte da filha, traz um sentimento de injustiça.

“A impunidade, a injustiça, dói nos ossos, dói na alma. Enfraquece nosso pensamento. É um esforço desumano que eu faço para está consciente, pra não perder o meu juízo”, desabafou.

Deixe uma resposta