Projeto que libera bebidas nos estádios tem redação final aprovada e agora segue para sanção de Paulo Câmara

BEBIDA ESTÁDIO

O projeto de Lei que libera a venda e o consumo de bebidas nos estádios de futebol e arenas esportivas em Pernambuco, de autoria do deputado estadual Antônio Moraes, teve a sua redação final aprovada ontem (9) pela Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O texto seguirá agora para o governador Paulo Câmara (PSB), que tem 30 dias para sancionar ou vetar a matéria.

“Eu acho que ele vai sancionar. É a única solução. O governo tirou o Todos com a Nota. Então essa é a única forma de ajudar os clubes e o Campeonato Pernambucano. É uma forma de fazer uma compensação aos times”, explicou Moraes.

O projeto libera a venda e o consumo de todas as bebidas alcoólicas em bares e lanchonetes localizados no interior dos estádios a partir de duas horas antes do início de cada partida. As bebidas precisam ser consumidas em copos plásticos e os fornecedores que vendam para menores podem ser punidos com multa e perder o direito de comercializar nesses ambientes.

O texto foi criticado pela bancada evangélica e por representantes do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), que temem um aumento nos índices de violência esportiva. A proposta dividiu os três maiores times do Estado: Santa Cruz e Náutico se posicionaram favoráveis à liberação das bebidas, mas o Sport ficou contra. (Fonte: NE10)

Deixe uma resposta