Público dos CRAS de Juazeiro recebe curso sobre aproveitamento alimentício

Cursos oportunizam que famílias aproveitem adequadamente os alimentos e ganhem renda extra

Cursos oportunizam que famílias aproveitem adequadamente os alimentos e ganhem renda extra

Famílias assistidas pelos CRAS de Juazeiro estão participando de mini cursos sobre como aproveitar os alimentos de forma saudável. Já estão agendadas as capacitações técnicas do Cras Malhada da Areia, no próximo dia 19; e do CRAS Quide, dia 28. O bairro João Paulo II já foi contemplado com a iniciativa, que é resultado de uma parceria entre a secretaria de Desenvolvimento de Igualdade Social (SEDIS) e a Consoali – Empresa de Consultoria Alimentícia, através do Instituto Federal de Pernambuco.

Segundo a sócia proprietária da Consoali, Ataildes Pinheiro, a proposta da parceria foi aceita pela possibilidade de promover uma ação social, auxiliando a comunidade em sua alimentação. “Temos o hábito de jogar cascas e talos dos alimentos no lixo, mas às vezes é ali que estão os maiores nutrientes do alimento. Então viemos ensinar como aproveitá-los. Além disso, contribuímos na economia dessas famílias; elas passam a ter uma alimentação mais saudável e com um menor custo”, disse.

O público participante, em sua maioria, é composto de pessoas já beneficiadas por alguns programas oferecidos no CRAS, pessoas da comunidade. Maria Aparecida dos Santos era uma das alunas. Ela é autônoma e assim que ficou sabendo do curso, correu para se inscrever. “Esse não é o primeiro curso que faço aqui. É sempre bom participar, porque a gente aprende mais e tem oportunidade de ter uma renda. Hoje aprendi a fazer um bolo de casca de banana, pois agora vou fazer em casa e vender”, ressalta Maria Aparecida.

A Coordenadora do CRAS João Paulo II, Rosângela Mesquita, reafirmou a ideia de geração de renda ressaltada por Maria Aparecida. “Sempre que promovemos cursos e oficinas aqui, fazemos o acompanhamento das famílias para ver como os cursos ajudam-nas, se suas vidas melhoram, se conseguem melhorar sua renda. Normalmente elas se potencializam  e começam a vender os produtos. Para nós é sempre um motivo de alegria e satisfação quando isso acontece”, afirma.

Deixe uma resposta