Retenção de macas volta a afetar atendimento do SAMU em Petrolina

(Foto: Ascom)

A falta de macas nas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) voltou afetar o atendimento de emergência e urgência em Petrolina. Através de uma nota, a Prefeitura informou que os serviços estão reduzidos nessa semana.

Isso é consequência da retenção das macas em hospitais da cidade, já que os pacientes são socorridos e as unidades não devolvem as macas ao SAMU. Segundo a nota, “a retenção de macas impede que as ambulâncias se desloquem do SAMU para atender aos chamados da população”.

O município espera que o serviço seja normalizado o quanto antes, mas para isso as macas precisam ser devolvidas ao SAMU.

Deixe uma resposta