Reunião descentralizada do CECA é realizada em Juazeiro

(Foto: Divulgação)

Juazeiro recebeu nestas quinta e sexta-feira (29 e 30), no auditório do instituto Federal da Bahia (IFBA) a 3ª reunião descentralizada do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CECA). O evento discutiu avanços e dificuldades encontradas na efetivação das políticas públicas para crianças e adolescentes.

O evento contou com a participação do secretário de Justiça e Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia, Carlos Martins, conselheiros de Direito e demais atores do Sistema de Garantia de Direitos, envolvendo municípios dos Territórios do Sertão do São Francisco, Piemonte do Itapicuru, Irecê e Itaparica.

A abertura da reunião foi feita com uma apresentação da Trupe Novo Ato-Contadores de Histórias, formada com adolescentes do bairro Piranga. O espetáculo trouxe uma breve história do Rio São Francisco e lendas locais, encantando a todos os participantes.

“O município se sente honrado pela presença de tantas pessoas interessadas por um tema tão importante. É sempre válido pensar estratégias para o futuro do país”, afirmou a vice-prefeita de Juazeiro, Dra. Dulce Ribeiro que representou o prefeito Paulo Bomfim na ocasião.A secretária de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade, Cida Gama, também falou sobre a importância de sediar o evento. “É um prazer acolher esta reunião. O nosso compromisso é contribuir cada vez mais para melhoria das políticas públicas direcionadas às crianças e adolescentes”, comentou a secretária.

Ao todo, 23 municípios participaram da reunião, totalizando 150 participantes. “É um prazer debater um assunto tão importante. Isto possibilita buscarmos novos caminhos para fortalecimento da temática”, afirmou a prefeita de Campo Formoso, Rosângela Montenegro.

A reunião fez parte das ações do CECA e promoveu uma maior aproximação entre os integrantes do Sistema de Garantia de Direitos debatendo as diretrizes de promoção, proteção e defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes. “Este debate produzido aqui traz grande contribuição para pensarmos o momento atual. Gostaria de agradecer de forma muito significativa todo o apoio dando pelo município de Juazeiro, sem o qual não seria possível realizar este evento”, disse a presidente do CECA, Regina Affonso.

Ao final do evento foi produzida, pelos participantes, uma carta dos Territórios de identidade sobre Políticas Públicas para proteção de crianças e adolescentes.

Deixe uma resposta