Santa Cruz bate o Vitória e é Vice-Campeão da Série B de 2015

Foto oficial

O Santa Cruz terminou neste sábado (28) de escrever uma saga incrível. Ele não fez apenas a fantástica travessia da Série D para a Série A em 10 anos. Em uma década, o Santa conseguiu voltar exatamente para o lugar onde estava em 2015: vice-campeão da segunda divisão do Campeonato Brasileiro de Futebol. O terceiro vice-campeonato da Série B na história do clube veio com o triunfo em cima do Vitória (BA), por 3 X 1, dentro de um Arruda lotado. Ao todo, 36.622 torcedores, que somaram R$ 983.770,00.

Em uma partida marcada pelo alívio de conquistar o acesso para a Série A na rodada anterior, em cima do Mogi Morim, o time pernambucano conseguiu manter a superioridade do início ao fim. Com o resultado, o Santa sai do terceiro lugar, com 64 pontos, para encerrar o campeonato em segundo lugar, com 67. Já o Vitória estacionou com 66 e ficou em 3º lugar. O América (MG), treinado por Givanildo Oliveira, empatou em 0x0 com o campeão Botafogo e ficou com a quarta posição, com 65 pontos.

A PARTIDA

A pressão da torcida do Santa Cruz fez diferença do início ao fim. Foram calculados mais de 36 mil torcedores no estádio José do Rego Maciel. O Santa começou dominando, mas teve dificuldade para destravar o jogo. Após desperdício de oportunidades, o primeiro gol chegou pelos pés de Allan, aos 39 do primeiro tempo.

Com o 1×0 dando a vantagem que o Santa precisava, o time de Marcelo Martelotte partiu para um segundo tempo ainda mais confiante. Logo aos 5 minutos da segunda etapa da partida, mais um gol: Daniel Costa marca para o delírio tricolor. O Vitória ainda tentou colocar pressão e conseguiu marcar 37 do segundo tempo com Vander.

Mas não foi o suficente. Guilherme Mattis comete falta em Raniel que resulta em pênalti. Bruno Moraes não perdoa e marca o terceiro gol tricolor.

O FUTURO

Vice-campeão da Série B de 2015, o Santa Cruz se prepara para o desafio da elite do futebol brasileiro no próximo ano. A estreia do Santa na Série A será em maio, quando começa o Brasileirão de 2016. Antes disso, o desafio é colocar os salários do atletas em dia e lutar pelo bicampeonato estadual. (FONTE: NE10)

Deixe uma resposta