Santa Cruz encara Bahia para chegar a inédita final no Nordestão

Lutando para manter vivo o sonho do inédito título regional, o Santa Cruz aposta no emocional/Foto: JC Imagem

Lutando para manter vivo o sonho do inédito título regional, o Santa Cruz aposta no emocional/Foto: JC Imagem

Com cinco confrontos nos últimos cinco meses, Santa Cruz e Bahia fazem um dos seus duelos mais decisivos das últimas décadas neste domingo (17), às 16h, na Arena Fonte Nova. O sexto capítulo entre 2015 e 2016 de pernambucanos e baianos vale uma vaga na final da Copa do Nordeste. Para chegar lá, o Tricolor do Arruda precisa de vitória simples ou empate a partir de 3×3 para chegar a primeira decisão regional da sua história.

Com três ausências, o técnico Milton Mendes entrará em campo com uma formação ofensiva. Sem Lelê, expulso no jogo de ida, o comandante coral deve deslocar o atacante Wallyson para o meio de campo. As outras duas mudanças são as saídas de Danny Morais (também suspenso) e Allan Vieira (machucado) para as entradas de Alemão e Tiago Costa, respectivamente.

Relembrando o primeiro confronto com os baianos, o técnico Milton Mendes acredita que as ausências mudarão o jeito do Santa jogar. “A estratégia e a forma de nos posicionar mudam. Todos nós vimos os pontos fortes do Bahia. Temos que nos precaver e tentar explorar o que uma equipe forte como eles tem de menos bom”, disse.

A estratégia para vencer o Bahia, para Milton Mendes, passa também pelos torcedores baianos. “Acho que eles vão sair para o jogo lá. A torcida deles é muito exigente, não quer só empatar ou jogar pelo resultado, mas ganhar. Temos nossa estratégia, e vamos esperar eles saíram pro jogo para agir”, ressaltou o técnico.

Lutando para manter vivo o sonho do inédito título regional, o Santa Cruz aposta no emocional. “Uma decisão é feita por detalhes, e o equilíbrio mental vai ser a tônica do jogo. Quem estiver mais tranquilo vai levar a semifinal. É uma situação muito difícil, pois vamos jogar na Fonte Nova e com muita torcida contra. Porém, nada é impossível quando a gente tem força e determinação”, afirmou Milton.

BAHIA

Com vários problemas para montar a equipe, o técnico Doriva optou pelo mistério e não divulgou os titulares para o confronto. O treinador ainda não sabe se vai contar com o zagueiro Lucas Fonseca e com o lateral João Paulo, que se machucaram no jogo da ida. Além deles, Hayner, suspenso, desfalca a equipe baiana na decisão.

JC online

Deixe uma resposta