Saúde confirma 120 mortes por chikungunya; Nordeste lidera óbitos

(Foto: Arquivo)

Pernambuco responde pela maioria das mortes confirmadas. (Foto: Arquivo)

O número de mortes confirmadas por febre chikungunya continua a crescerno país e já soma 120 casos somente neste ano, um aumento de 1.900% em relação ao ano passado.

Os dados são de novo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, que abrange casos notificados e confirmados desde o início de janeiro até 17 de setembro deste ano. Para comparação, em todo o ano de 2015, foram seis mortes confirmadas.

Já em relação ao último boletim da pasta, divulgado em agosto, o aumento é de 31% –até então, eram 91 mortes confirmadas.

Com o aumento, o número de mortes por chikungunya no Nordeste já ultrapassa o total de óbitos registrados em decorrência da dengue. Só na região, foram 115 mortes por chikungunya, e 87 por dengue. As duas doenças são transmitidas pelo mesmo vetor, o mosquito Aedes aegypti.

Entre os Estados, Pernambuco responde pela maioria das mortes confirmadas (54). Em seguida, está Paraíba, com 21, e Rio Grande do Norte, com 19. Já o Rio de Janeiro e São Paulo tiveram cinco confirmações (quatro no primeiro e uma no segundo).

Fonte Folha de São Paulo

Deixe uma resposta