Secretaria de Saúde de Juazeiro realiza ações de prevenção às hepatites virais

(Foto: Divulgação)

O ‘Julho Amarelo’ é conhecido por ser o mês da prevenção das hepatites virais (A, B, C, D e E). Para abordar esse assunto, a Secretaria de Saúde de Juazeiro (Sesau) vai realizar ações de conscientização com a comunidade.

A primeira será na segunda-feira (17), voltada para os profissionais dos salões de beleza. O evento será realizado no auditório da Secretaria de Educação e Juventude (Seduc), a partir das 8h. As inscrições são gratuitas e já podem ser feitas por meio do telefone (74) 3611-5376, das 08h às 12h e das 14h às 17h.

Na ocasião, cabeleireiros, manicures e barbeiros participarão de palestras com as equipes da Vigilância Sanitária, do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) e do Centro de Informações, em IST/HIV/Aids (CIDHA). No intervalo entre as palestras, os profissionais que estiverem com o calendário de vacinação atrasados serão vacinados.

De acordo com a superintendente de vigilância em Saúde, Tatiane Malta, o contato com sangue, secreções ou fluídos, bem como as relações sexuais sem o uso de preservativos são exemplos de formas de contágio das hepatites virais. “Fizemos a seleção deste público alvo, por ser um grupo de risco, visto que trabalham com navalhas, alicates e outros instrumentos que, ao entrar em contato com o sangue, podem apresentar grande potencial de contaminação para os profissionais e, também, para a clientela”, explica.

A secretária de Saúde, Fabíola Ribeiro, lembra que as hepatites B e C, as com maior índice incidência no Brasil, têm tratamento gratuito, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). “Aqui em Juazeiro temos um registro de 183 pessoas com hepatite B sendo acompanhadas, delas 113 são homens e 70 são mulheres. Com relação a hepatite C, temos 315 pessoas em tratamento, sendo 231 do sexo masculino e 84 do feminino”, revela.

Já em 28 de julho, Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais, a Sesau vai realizar uma ação para toda população, na Praça Barão do Rio Branco, onde serão realizados testes rápidos das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

Deixe uma resposta