Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Secretária de Saúde de Petrolina afirma que falta de vacinas nos Postos de Saúde não é culpa do município

Magnilde Albuquerque, Secretária de Saúde de Petrolina. (Foto: Blog Waldiney Passos)

A Secretária de Saúde de Petrolina (PE), Magnilde Albuquerque, esteve na sessão da Câmara de Vereadores, nesta terça-feira (15), para apresentar o relatório de prestação de contas da pasta, referente ao período de setembro a dezembro de 2017, e em entrevista coletiva a imprensa ela falou, dentre outros assuntos, sobre denúncias de falta de vacinas em Postos de Saúde do município.

De acordo com a Secretária, o município não tem gestão sobre a falta de vacinas nas unidades porque as doses são enviadas pelo o Ministério da Saúde e pela Secretária de Saúde do Estado. “Se existe falta de alguma vacina ou se existiu, foi por falta da chegada dessa vacina. A exemplo agora da vacina contra a gripe. Nós estamos em plena campanha de vacina, a gente precisaria receber 70 mil doses e atá agora só recebemos 40 mil. Então, esperamos que o restante das doses chegue até o final da campanha”, explicou Magnilde.

A Secretária também respondeu sobre a denúncia de que estudantes de medicina estariam atendendo nos Postos de Saúde, no lugar dos médicos formados. “Nós não temos médicos estagiários. Nós temos médicos que são residentes. E os médicos em residência já são médicos formados com diploma e estão fazendo residência em saúde da família porque a gente tem um convênio com a universidade. Eles precisam da preceptoria para a residência, não para o atendimento que eles fazem porque eles já são formados”, afirmou Magnilde Albuquerque.

Deixe uma resposta