Secretaria de Saúde faz balanço positivo do atendimento de urgência às gestantes  

O atendimento pré-hospitalar, acionado pelo SAMU 192, é realizado por enfermeiros obstetras com o objetivo de dar resolutividade às queixas agudas/Foto:Assessoria

O atendimento pré-hospitalar, acionado pelo SAMU 192, é realizado por enfermeiros obstetras com o objetivo de dar resolutividade às queixas agudas/Foto:Assessoria

Durante o primeiro mês de funcionamento da ambulância móvel do Programa Anjo da Guarda já foram realizados 46 atendimentos às gestantes cadastradas. O atendimento pré-hospitalar, acionado pelo SAMU 192, é realizado por enfermeiros obstetras com o objetivo de dar resolutividade às queixas agudas.

“O resultado tem sido muito positivo e, de acordo com as queixas apresentadas e do risco gestacional, a equipe direciona ou não à maternidade.  A ambulância Anjo da Guarda vem para reforçar a assistência pré-hospitalar móvel do município”, afirma a coordenadora do programa Anjo da Guarda, Isabel Alves.

O programa ainda proporciona consultas pré-natal, atividades educativas, monitoramento da mãe e do bebê após o parto, além dos benefícios sociais (enxoval, cesta básica e fraldas). “Nosso objetivo é reduzir a mortalidade materna e infantil através do fortalecimento da assistência à gestante e à criança antes e após o parto”, acrescenta a secretária de Saúde de Petrolina, Mara Gonçalves.

Com informações da Assessoria

Deixe uma resposta