Secretaria Municipal de Saúde orienta sobre realização de mamografia em Juazeiro

As consultas no Instituto Ivete Sangalo podem ser marcadas de segunda a sexta-feira ./

As consultas no Instituto Ivete Sangalo podem ser marcadas de segunda a sexta-feira ./ Imagem ilustrativa 

O Outubro Rosa é uma campanha cujo objetivo é conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. A prevenção é fundamental, pois, se detectado na fase inicial, o índice de cura é de 95%.

Em Juazeiro, mulheres com caso de câncer de mama na família devem procurar uma unidade de saúde já a partir dos 35 anos de idade para relatar ao médico o problema, de modo que o profissional possa prescrever a recomendação do exame. O mastologista atende todas as segundas-feiras na Maternidade Municipal de Juazeiro.

Já as mulheres com 50 anos ou mais, só precisam pegar a requisição na unidade de saúde e marcar pessoalmente numa das clínicas credenciadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para fazer o exame. 

As consultas no Instituto Ivete Sangalo podem ser marcadas de segunda a sexta-feira pelo telefone 74 3614-9850. No dia do atendimento é importante as mulheres terem em mãos os seguintes documentos: RG, Comprovante de Residência, Cartão do SUS e Cartão da Família.

A Secretaria de Saúde tem parceria com o Instituto de Prevenção Ivete Sangalo, e atende mulheres de 40 a 69 anos de Juazeiro e região. Desde 2007, cerca de 111.400 mamografias foram realizadas gratuitamente. Desse total, 470 casos de câncer de mama foram detectados. Somente em 2016, entre janeiro e setembro, 10 mil mamografias foram feitas e 53 casos diagnosticados. Todos os procedimentos feitos pelo Instituto contam com aparelhos digitais.

O Secretário Municipal de Saúde, Plínio Amorim ressaltou a importância das mulheres procurarem um médico e realizar seus exames preventivos. “Estamos na luta contra o câncer de mama, dentro de uma campanha de sensibilização para que as mulheres tenham um pouco de atenção com sua saúde e procurem realizar o auto exame e anualmente a mamografia. Durante todo mês de outubro nossas unidades de saúde estarão organizando ações para mobilizar e sensibilizar a sociedade em geral”, disse.

Na Bahia, 12.530 novos casos de câncer devem acometer as mulheres em 2016. Do total, 2.760 de mama, mil registros somente em Salvador, segundo dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer).

Com informações de Ascom

Deixe uma resposta