Secretário de Saúde de Floresta reafirma que bebê indígena testou positivo a covid-19

Criança estava sim com vírus, afirma Prefeitura de Floresta (Foto: Internet)

No começo da semana a Floresta (PE) registrou a primeira morte por conta do coronavírus. A vítima é uma criança indígena de apenas três dias, que testou positivo ao vírus, mas ao longo dos dias, boatos circularam na cidade questionando a infecção da bebê.

LEIA TAMBÉM

Bebê indígena morre de Covid-19 na cidade de Floresta

Em uma live veiculada na página oficial da Prefeitura, o secretário de Saúde relatou como a criança foi notificada e estava sim com covid-19, como atestou o LACEN-PE. “Decidimos testar a criança para poder encaminhar o exame ao Recife para lá sair o resultado do exame. O exame foi realizado é o de secreção das faringes. Testamos a criança e encaminhamos para o LACEN“, afirmou Dácyo Ferraz.

Suporte à família

Segundo Ferraz, a Secretaria de Saúde deu suporte à família da vítima, inclusive orientando sobre o velório e reafirmou o caso positivo. “Quem deu o relatório foi o LACEN e a criança positivou para o vírus da covid-19. Ela pode ter morrido por alguma outra doença, é isso que estamos investigando, mas a criança estava com o vírus pelo teste positivo que nos foi enviado“, reiterou.

A família do bebê estão sendo monitorados por três equipes de Saúde, para investigar possíveis novos casos. “A mãe segue em investigação por três equipes: a nossa secretaria de Saúde, do Estado e da área indígena que está notificando todas as pessoas que tiveram contato direto e indiretamente com a bebê, a mãe e a família”, finalizou.

Deixe uma resposta