Segundo TRE-PE, 13 cidades de Pernambuco podem ter novas eleições

(Foto: Internet)

As eleições de 2016 não terminaram para 13 cidades do Estado de Pernambuco. De acordo com o Tribunal Reginal Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), as cidades apresentam algum tipo de ação que requer a anulação das eleições que aconteceram no dia 2 de outubro.

As cidades contabilizadas pelo TRE são Cabrobó, Jataúba, Água Preta, Cabo de Santo Agostinho, Carnaubeira da Penha, Casinhas, Chã de Alegria, Cortês, Dormentes, Gravatá, Ipubi, Riacho das Almas.

Nestes casos, o Tribunal deferiu a candidatura dos prefeitos eleitos, mas foram apresentados recursos pedindo a anulação desses pleitos junto ao TSE. A maioria dos recursos é de coligações adversárias ou do Ministério Público.

Com informações do Diário de Pernambuco

Deixe uma resposta