Segurança: Prefeitura de Petrolina apresenta balanço do São João

(Foto: Ascom/PMP)

Com um público aproximado de 700 mil pessoas, o São João de Petrolina terminou sem ocorrências graves. Segundo a Prefeitura, os números apresentados pela Polícia Militar de Pernambuco – que atuou com o 5º BPM e 2º BIEsp – atestam a tranquilidade do evento.

LEIA TAMBÉM:

PM e PRF celebram São João tranquilo em Petrolina

A PM atuou com um efetivo de quase 190 agentes por noite. Os policiais prenderam 294 pessoas, quase todos por embriaguez ou brigas. Do total, 178 foram liberados ao final do evento, os demais, encaminhados à Delegacia de Polícia Civil por desacato.

Seis Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) foram registrados, houve ainda uma prisão em flagrante referente à Lei Maria da Penha. Já pelo lado da Polícia Civil, 26 profissionais estiveram nas nove noites de São João. Eles registraram 264 boletins de ocorrência, referentes a furtos, três TCOs e um Auto de Prisão em Flagrante Delito (APFD).

No trânsito, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fiscalizou 1.514 veículos entre as BRs 428 e 407. Foram realizados 983 testes de alcoolemia, dos quais 13 pessoas dirigiram após beber, outras 73 se recusaram a fazer o exame. Em 2018, foram 884 testes, 12 deram positivo para alcoolemia, 54 pessoas se recusaram a fazer o exame. O número de acidentes reduziu de 8, no ano passado, para 6 neste ano.

“O São João de Petrolina cresce a cada ano e, ainda assim, conseguimos reduzir significantemente o número de ocorrências. Neste ano, só foram registradas infrações leves. A sensação é de missão cumprida, já que assumimos o compromisso de fazer uma festa bonita e segura para a população, e assim o fizemos”, afirmou o secretário executivo de Segurança Pública de Petrolina, José Silvestre.

Deixe uma resposta