Sem Rodrigo Souza, técnico do Náutico pode repetir o time

A tendência é que Gallo mantenha o lateral-esquerdo Gastón Filgueira improvisado no setor ao lado de Maylson/Foto:André Nery

A tendência é que Gallo mantenha o lateral-esquerdo Gastón Filgueira improvisado no setor ao lado de Maylson/Foto:André Nery

O volante Rodrigo Souza sentiu uma lesão no músculo adutor da coxa e não enfrenta o Bahia, nesta terça-feira (31), fora de casa, em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Segundo o técnico Alexandre Gallo, a contusão foi sofrida durante a goleada aplicada no Sampaio Correia. Vale lembrar que o jogador foi poupado de entrar de frente no confronto por conta do seu condicionamento físico que estava ameaçado. “Perdemos o Rodrigo com uma lesão na coxa no último jogo. Os exames dele mostravam que ele estava bastante desgastado”, afirmou o treinador.

Com a ausência do cabeça de área, a tendência é que Gallo mantenha o lateral-esquerdo Gastón Filgueira improvisado no setor ao lado de Maylson. Caso o Náutico entre com a mesma formação do último duelo, será a primeira vez que o Timbu irá repetir uma escalação na competição. No entanto, o treinador alvirrubro não descartou possíveis alterações.

“Acredito que time que ganha também se mexe. Depende muito do adversário. É preciso sempre ter essa flexibilidade dentro do grupo. Então temos que ter um equilíbrio e oxigenar alguns setores. Já que não temos tempo para treinar, precisamos usar todo o elenco”, finalizou o técnico.

Com informações do Blog do Torcedor

Deixe uma resposta