Senar-PE capacita jovens no Sertão do São Francisco para o mundo do trabalho

Alunos Senar.PE

Nesta sexta-feira (19) o Sindicato Rural de Petrolina, sediou a cerimônia formatura de quatro turmas do Curso Supervisor de Exploração Agrícola do Programa de Aprendizagem Rural do Senar – PE. De acordo com a instituição dos 105 alunos, com idades entre 18 e 24 anos, que receberam os certificados, 20 já estão com seus empregos garantidos em várias empresas agrícolas da Região.

O jovem aprendiz Adriano Leitão, disse que o curso gratuito com duração de 11 meses ao qual participou, é importante principalmente por ensinar noções básicas de gestão corporativa, plano das culturas, segurança e saúde no trabalho, além de um histórico da fruticultura no Vale do São Francisco. “Estou determinado a continuar em frente na área rural. Vou fazer um curso de mecanização agrícola para aprimorar tudo que aprendi aqui e que abriu as portas para minha primeira oportunidade profissional”, adiantou Adriano Leitão.

A formanda Mikaelly Steffany também tem muitos planos para o futuro. Lembrando momentos marcantes das aulas teóricas e práticas, ela afirmou que tem hoje uma outra visão do mundo. “Eu vejo agora mais claramente a importância das pessoas, da empresa, da relação de trabalho e do auto – conhecimento. Eu não sabia que era tão pró-ativa. Eu pensava fazer vestibular para Educação Física, hoje não tenho dúvidas nenhuma de que quero ser uma boa engenheira agrônoma”, garantiu.

Para Elidiane Pinheiro, analista de Recursos Humanos de uma das 10 Empresas rurais participantes do Programa na Região, esta capacitação é extremamente necessária, tanto para os jovens aprendizes quanto para as empresas. “A Fazenda Labrunier é parceira do Programa de Aprendizagem Rural do Senar – PE desde 2012. Começamos com 16 jovens, hoje estamos com 49. Destes novos formandos, vamos efetivar um supervisor de pesquisa e dois auxiliares de produção”, ressaltou Pinheiro.

Deixe uma resposta