Servidores municipais de Petrolina aprovam, em Assembleia, o reajuste anual do Plano de Saúde UNIMED

O SINDSEMP conseguiu avançar na negociação, trazendo o reajuste para 18%. (Foto: ASCOM)

O Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (SINDSEMP), realizou na manhã desta terça-feira (08), a Assembleia Geral Extraordinária para apresentar a proposta de reajuste anual do plano de saúde UNIMED.

De acordo com a sinistralidade, demonstrada ao sindicato, em relatórios, a coordenação da UNIMED propôs um reajuste de mais de 22%, descartando a proposta do sindicato, que foi de 6,29, de acordo com a reposição inflacionária, oferecido pelo Executivo. O SINDSEMP conseguiu avançar na negociação, trazendo o reajuste para 18%.

Em regime de votação, os servidores presentes aprovaram o reajuste de 18%, mas foram debatidos muitos pontos a serem revistos em relação ao plano UNIMED, e foram fechadas algumas proposições, a exemplo de agendamento para uma assembleia com a UNIMED para o mês de setembro para a discussão sobre o centro de prevenção e o fluxo do centro de prevenção, uma análise dos relatórios para verificar os agravantes da sinistralidade, e a melhoria no atendimento, principalmente no que diz respeito a morosidade para alguns procedimentos.

O presidente do SINDSEMP, Walber Lins, considerou a assembleia muito proveitosa e participativa, reforçando a importância da participação do servidor em momentos decisivos como este.

Deixe uma resposta