Servidores representantes da segurança pública de Pernambuco denunciam abusos do Corregedor Geral ao MPPE

Os representantes da segurança pública de Pernambuco estiveram na Alepe para impedir que o projeto de cidadão pernambucano  ao corregedor geral corregedor./ Foto: Ascom Sinpol

Os representantes da segurança pública de Pernambuco estiveram na Alepe para impedir que o projeto de cidadão pernambucano ao Corregedor Geral corregedor./ Foto: Ascom Sinpol

Na última terça-feira (30), diversas entidades ligadas à segurança pública de Pernambuco, se reuniram e obtiveram vitórias representativas contra  o Corregedor Geral da SDS, Servilho Paiva, o qual acusam de cometer arbitrariedades e perseguições.

Pela manhã, as entidades representantes dos Policiais Civis, Militares, Rodoviários Federais, Bombeiros, Agentes Penitenciários e Guardas Municipais, reuniram-se com o Ministério Público para denunciar os abusos. Na ocasião, o SINPOL apresentou e protocolou um dossiê que servirá para fundamentar a abertura de inquérito que investigará a conduta do Corregedor.

Em seguida, as entidades formaram uma comitiva e foram à Assembleia Legislativa de Pernambuco, onde seria apreciado um requerimento que concederia o título de cidadão pernambucano a Servilho. Após conversas com vários políticos, foi retirada a proposta de pauta.

Deixe uma resposta